Ter Duas Mães: Dinâmica da Triangulação em Filhos de Casais de Lésbicas

Francis Anne Carneiro, Ângela Vila-Real

Resumo


As autoras fazem uma reflexão teórica centrada em duas questões fundamentais equacionadas pela psicanálise: a triangulação edipiana e a identificação. O objectivo é o de problematizar a dinâmica destes dois processos em crianças vivendo com duas mães o que anula a oposição básica binária e obriga a novos posicionamentos sobre a diferenciação e organização interna. São discutidas as possibilidades de organização da triangulação, da identificação e da diferenciação quando não existe uma polarização anatómica quer se trate dos meninos quer das meninas.

Palavras-chave: homoparentalidade, triangulação edipiana, identificação

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.